fbpx
Preloader logo

Gênios concluem Projeto Genoma Solidário com obras, alimentos e muito amor para as Instituições selecionadas

Ser solidário não é apenas se compadecer do sofrimento de alguém. É também agir, amparar, ajudar para que a situação seja melhorada. O Projeto Genoma Solidário busca exatamente isso: despertar a solidariedade no aluno, provocando-o a agir.

Assim, durante quatro meses, os gênios desenvolveram atividades ligadas à promoção de valores como ética, responsabilidade, união e amor ao próximo. Eles tiveram que ir aos locais, averiguar a demanda das instituições e apresentaram um plano de ação afim de deixar um benefício permanente nos locais.

Em Valadares, foram arrecadas três toneladas de alimentos, produtos de higiene pessoal e de limpeza. Para arrecadar dinheiro e comprar os itens solicitados pelas instituições, os alunos promoveram diversas ações como venda de almoço, açaí, dia do soverte, dia do doce, dia da massa, além de rifas e doações.

Eles ainda doaram cinco colchões especiais em tamanho e densidade para a Casa das Meninas, montaram um acervo de jogos na Casa Dona Zulmira e doaram maquiagem e bijuterias para o Lar Santa Luzia.

Na cidade de Caratinga, os alunos fizeram passeata e ações para arrecadar alimentos como: macarrão, biscoito, farinha, óleo, fubá, leite, suco, canjiquinha, açúcar, sal, gelatina, achocolatado, entre outros. As instituições assistidas foram: Associação de Amparo aos Doentes Mentais São João Batista, Amigo dos Meninos Assistidos de Caratinga, Asilo Lar dos Idosos, Associação Mãe Admirável, Lar das meninas e  Asilo Pastor Geraldo Sales

Já no Vale do Aço, os alunos do Genoma promoveram, no Centro Cultural Usiminas, o Stand Up Comedy, apresentado pelo comediante Oscar Filho. O show foi totalmente beneficente para arrecadar fundos e comprar alimentos

Além disso, os gênios da Unidade de Ensino de Timóteo se dividiram e as turmas do 1° e 2° anos se prontificaram a ajudar outras instituições. Assim, os alunos do 1º ano arrecadaram alimentos e tintas para a pintura da área da piscina do Projeto Socorrer; os gênios do 2º ano arrecadaram roupas, material de higiene pessoal, além de brincos colares pulseiras para o asilo Soldalício Tio Questor e o 3° ano permaneceu ajudando a Instituição Cidade do Menor.

Para esses, foi montado uma biblioteca com o material arrecadado: paletes de madeira, tintas, pelúcia, brinquedos, material escolar, cerca de 300 livros literários, sofá, pufes e adesivos decorativos.

Em Teófilo Otoni, os alunos do Genoma ajudaram a Instituição Bom Samaritano. Diversas atividades foram desenvolvidas, entre elas, Aulões, Jogos Solidários na quadra do clube Palmeiras, que contaram com as equipes do fundamental, médio e pré-vestibular. Houve também a Noite de Talentos e toda a renda arrecadada na venda de ingressos foi revertida na compra de alimentos e material de limpeza.

Em todas as unidades, os gênios conheceram de perto a realidade dessas instituições, visitaram, passaram tempo com eles, os ouvindo e contando histórias para as crianças, levaram violão para tocar e se sentiram muito tocados pelo carinho recebido nesses locais.

Conheça cada instituição ajudada no Genoma Solidário 2017:

CARATINGA

TEÓFILO OTONI

IPATINGA

 

TIMÓTEO

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-color: #653e86;background-size: cover;background-position: top center;background-attachment: scroll;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 200px;}