fbpx
Preloader logo

Enem 2018: confira cartilha com orientações para a redação

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) disponibilizou a Cartilha do Participante – Redação no Enem 2018. Publicada anualmente, a Cartilha tem versão em  PDF e em vídeo na Língua Brasileiras de Sinais (Libras), para deficientes auditivos.

O material contém:

  • Instruções para a prova de redação;
  • Competências avaliadas;
  • Exemplos de redações nota máxima no Enem 2017

Segundo o Inep, o objetivo do Manual de Redação do Enem é tornar o mais transparente possível a metodologia de avaliação da redação. Além de esclarecer  o que se espera do participante em cada uma das competências avaliadas.

Redação no Enem

O Enem cobra dos participantes uma redação dissertativo-argumentativo sobre um tema cultural, social científico ou político em relação ao Brasil. É preciso apresentar uma proposta de intervenção social para o problema apresentado e defendê-la com argumentos consistentes, estruturados com coerência e coesão. A redação do Enem passa por dois corretores, que avaliam as seguintes competências:

Competência 1

– Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa.

Competência 2

– Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa.

Competência 3

– Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Competência 4

– Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Competência 5

– Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Cada competência recebe uma nota de 0 a 200. Caso haja uma divergência superior a 80 pontos em uma competência ou superior a 100 na nota final, a redação é corrigida por um terceiro corretor. Persistindo a divergência, o texto é avaliado por uma banca presencial formada por três professores.

Direitos Humanos

A redação do Enem não poder mais ser zerada por desrespeitos aos direitos humanos, mas o participante ainda perderá pontos por cometer tal prática. A competência 5 exige que os estudantes elaborem uma “proposta de intervenção para o problema abordado que respeite os direitos humanos”.

Fonte: Brasil Escola

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-color: #73508f;background-size: cover;background-position: top center;background-attachment: scroll;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 200px;}